Todos os automóveis têm muitas peças mecânicas. Devido ao excesso de uso, muitas delas começam a se deteriorar, o que acaba prejudicando o veículo. Dessa forma, muitos automóveis começam a apresentar problemas de uma hora para outra. O resultado disso é um péssimo funcionamento e a necessidade de um conserto.

Nesse tipo de situação, o guincho se mostra uma excelente alternativa. É um equipamento muito útil, pois, se houver algum acidente, o reboque deixará o veículo na oficina mais próxima. Ademais, a empresa tomará todos os cuidados possíveis para não danificar ainda mais o veículo.

Chamar o guincho

Caso queira acionar o guincho, é necessário que o dono do veículo ligue para a seguradora. Geralmente, essas empresas oferecem atendimento 24 horas em qualquer cidade do Brasil, inclusive Goiânia. Ao ligar para seguradora, o cliente precisa informar o número do cartão da seguradora e também do seu Cadastro de Pessoa Física (CPF).

Muitas pessoas têm dúvidas sobre a quantidade de vezes em que um cliente pode chamar um guincho. Normalmente, as seguradoras costumam trabalhar de duas formas, por evento ou por vigência.

Por evento

Nesse modo, a empresa define o número de vezes em que o cliente pode solicitar o guincho. Com isso, o segurado não pode utilizar o guincho duas vezes no mesmo evento.

Por exemplo, se o carro do segurado bater em um poste, o guincho o levará apenas para o primeiro local determinado pelo cliente. Caso o cliente queira levar o carro para um segundo local, os custos serão pagos por ele e não pela seguradora.

Por vigência

Assim como no modo anterior, também é definindo um limite de utilizações para o plano que foi contratado. No entanto, o segurado pode solicitar o guincho duas ou três vezes dentro do mesmo acidente. Ademais, algumas seguradoras permitem o uso ilimitado do guincho.

Goiânia

Goiânia é uma cidade brasileira, que atualmente é a capital do estado de Goiás. Ela fica a 209 km de Brasília, capital do nosso país. Com uma geografia contínua, sua área tem aproximadamente 793 km². Além disso, esse município possui poucos morros e baixadas, algo muito comum nas proximidades do Planalto Central brasileiro. Sua data de fundação é 24 de outubro de 1933.

Fixada no centro do estado goiano, a construção dessa cidade tinha como objetivo centralizar a política e a administração geral de Goiás. Goiânia teve forte influência do governo Vargas, pois sua construção visava acelerar o desenvolvimento do Centro-Oeste brasileiro.

A população dessa capital cresceu muito com o passar dos anos e atingiu um milhão de habitantes em 1996. Desde a sua fundação, a arquitetura de Goiânia recebeu influências da Art Déco, responsável pela aparência dos primeiros prédios da cidade.

Segundo os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a população de Goiânia era de 1.516.113 habitantes em 2019. Isso lhe torna a 10ª cidade mais populosa do país. Como possui 256,8 km² em sua área urbana, ela é a sexta maior cidade do Brasil em tamanho.

Nos anos 2000, Goiânia se destacou entre as capitais brasileiras por conta de suas áreas verdes e também pelos índices qualidade de vida.

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *