Reboque para Carros

Também conhecido como atrelado, o reboque é um objeto cuja função é fazer um veículo puxar outro. Para obter movimento, o reboque fica enganchado a outro veículo automotivo (caminhões, carros, tratores). Em terras portuguesas, o reboque é conhecido como galera.

Função no Brasil

Em nosso país, o reboque teve sua função original desvirtuada. Ao invés de rebocar veículos, ele passou a ser visto como um protetor do para-choque traseiro.

Contudo, usá-lo dessa forma é mais danoso do que benéfico. Em casos de batidas leves, o que seria apenas um “encostão” se transforma em um dano visível por conta do impacto no engate. Essas pequenas batidas acontecem especialmente na hora de estacionar.

Veículos do reboque

O reboque varia de acordo com o peso daquilo que se pretende puxar. Sempre que usar essa ferramenta, é preciso analisar qual é a tração do veículo que irá puxar o reboque.

Um carro pequeno e sem muita potência no motor, dificilmente conseguirá puxar um reboque de forma estável. Em geral, carros de passeio têm capacidade de tração entre 400 e 500 kg.

Por sua vez, a capacidade de tração de uma picape supera as duas toneladas. Se calcularmos o PBTC (Peso Bruto Total Combinado, incluindo o reboque), uma picape pode carregar mais de seis toneladas.

Portanto, se quiser rebocar algum veículo, compre um automóvel que o Inmetro tenha aprovado para esse serviço.  Em muitos casos, o próprio fabricante define se um veículo é capaz de rebocar alguma coisa ou não. Se o seu carro não é o adequado para receber um engate, não tente adaptá-lo.

Segundo a legislação brasileira, qualquer veículo leve pode rebocar até 3,5 toneladas, desde que tenha um engate apropriado. Além disso, o modelo precisa ter a autorização do fabricante/importador para receber esse engate.

Como funciona o engate

O engate para reboque é fixado em uma travessa metálica ou então na própria estrutura do automóvel. Normalmente, essa travessa serve como uma espécie de suporte na estrutura do veículo.

Esse engate possui uma esfera metálica (em alguns casos, duas) cuja função é prender o reboque ao veículo. Alguns desses engates têm encaixes removíveis e o próprio dono do veículo consegue retirá-lo. Depois da retirada do engate, apenas a estrutura do suporte fica no veículo.

Normalmente, os carros que mais usam esse tipo de engate são os picapes. Os sistemas possuem um conector de energia que ativa as luzes de freio, lanterna e repetidores da direção do reboque.

Legislação

Segundo a Resolução 197/06, o PBTC para um reboque é de até 3500 kg. Essa regra é valida para motoristas que possuem a CNH categoria B. Acima desse peso, existe a categoria até 6000 kg (seis toneladas), que exige a CNH C. Para rebocar um veículo com mais de 6 toneladas, é preciso ter a CNH E.

Essa resolução ainda obriga os fabricantes e os importadores a informarem aos órgãos de trânsito quais de seus modelos podem aceitar o engate para reboque. Além disso, eles também precisam informar qual é a capacidade máxima de tração desses veículos e em qual local o engate será instalado. Tudo isso está registrado no manual do veículo.

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *